Uma Saga Pela Liberdade – Cap. II Ep. I

Capitulo II – Episódio I – “Mais um dia”

10 Anos Depois do ataque a Ruinen.

Era apenas mais um dia normal, mas para meu pai de criação não. Era o dia em que eu fazia 17 anos, e você se pergunta:

– O que tem isso?

Victor se tornara meu melhor amigo, quando viemos refugiados de Ruinen. Ele fora incumbido da missão de ajudar Phillya com suas poções e nas horas vagas, brincávamos por Pillai, nos divertindo muito.

Você Iria dar uma ótima Atalanta, pois de Calma e Gentil você não tem nada,  Jude – Disse-me Victor.

  É, e vou testar minha pontaria na sua cara. – Retruquei a ele.

Duvido você preferia pegar uma espada e cortar o próprio pescoço do que a me machucar! – Disse ele, puxando-me para perto e começando a me fazer cócegas.

Era verdade, Victor era como meu irmão. Quem diria que o auxiliar da “Tia das poções” viraria meu melhor amigo. Entre as gargalhadas que me fizera perder o ar implorei por ‘misericórdia’, porem, não foi o meu pedido que o fizera parar. Dfrain apareceu e apenas com seu olhar fechado, dirigido para Victor, o fizera cessar as cócegas.

Você não tem mais o que fazer Victor, além de perturbar minha garotinha que também não deve  ter mais o que fazer? Vá ajudar logo aquela louca da Phillya, e mande um beijo a ela HAHAHAHA…. – Disse Dfrain, com aquele jeito rabugento e amoroso que eu amava.

Victor deu um beijo em minha testa e sussurrou “fique bem”, como sempre.

Como disse, hoje não seria um dia normal, em vez de ir ajudar meu “pai” a forjar espadas, escudos, armaduras e lanças, fui passar um vestido velho e empoeirado, para a cerimônia. (Não gostava de vestidos, não sei por que, simplesmente não gostava). Lindo aquele vestido!!! E,  único que possuía rssssss.

Tinha que admitir que ele ficava bem em mim, por causa da sua cor vermelho extravagante, que combinava com minha pele branca, meus longos cabelos e meus olhos negros. Possuía um rasgo em sua lateral que mostrava minhas pernas e era colado ao meu corpo, me deixando um pouco desconfortada (talvez por vergonha). Mas, roubava o olhar de todos!

 Olhei-me no espelho, e olhei novamente para dar mais uma conferida. Sim, eu estava realmente muito bonita. Do jeito que queria. Dei um beijo em meu “pai” e fui esperar Victor na praça, para seguirmos até a Arena de treinos, onde seria a ‘cerimônia’.

CONTINUA…

Esse post foi publicado em Fanfic. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Uma Saga Pela Liberdade – Cap. II Ep. I

  1. Depois de muitos pedidos … conversei com o Aikoyama e Decidimos adicionar um novo episódio esse mês por se férias … Gostaria de agradecer a dica do nosso leitor @Leandro Venâncio. (:
    Boa leitura pessoal … e até o dia 05!

    Att. []Kindastrevas /G×E Design

  2. Zerodark disse:

    Muito bom, quero ver a sequencia ^^

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s